Reflorestamento e o Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental – TCRA

O Reflorestamento e o Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental – TCRA, visam a redução de impacto ambiental proporcionada por um determinado empreendimento. Alguns empreendimentos necessitam realizar a supressão (corte) de vegetação nativa (fragmento ou árvores isoladas) ou intervenção em áreas de preservação permanente (APP) para seu desenvolvimento, e, portanto, deverão promover a compensação ambiental.

No entanto, não basta apenas comprar mudas de plantas e fazer o plantio no local desejado. É preciso estudar a vegetação a ser suprimida, para identificar qual melhor tipo de compensação, seja esta através do plantio de mudas nativas, ou alternativas, para o bom cumprimento do TCRA firmado, e que sejam compatíveis com àquela área autorizada.
Sendo um aspecto importante para a sociedade e principalmente para as pessoas que são impactadas pela construção de novos empreendimentos, o plantio compensatório é fundamental para o meio ambiente, por isso, é um tema que deve ser tecnicamente aplicado.

O que é o TCRA ?

TCRA significa Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental, sendo um documento oficial com foco na recuperação ambiental em função de significativos impactos ambientais gerados por um determinado empreendimento.

As compensações ambientais serão determinadas levando em conta o grau de conservação da vegetação nativa que será suprimida. E estas deverão ser feitas em áreas de baixa, média, alta e muito alta prioridade indicadas no mapa e tabela de “Áreas prioritárias para restauração de vegetação nativa”.
O TCRA é assinado pelo proprietário do imóvel, pela Agência Ambiental e também por duas testemunhas que alegam a validade do documento, e descreve a área que receberá o plantio compensatório.

Faça o plantio compensatório com especialistas

O plantio compensatório precisa cumprir fundamentalmente o que está descrito no TCRA. Por isso mesmo, é fundamental que técnicos e especialistas estejam envolvidos no plantio compensatório. O plantio irá considerar as espécies nativa da região. Tendo por objetivo realizar um plantio que seja sustentável e saudável para aquele ambiente em questão.

Uma vez que a fauna e flora estão intimamente ligadas e o objetivo é que o plantio seja capaz de manter o equilíbrio e o ecossistema do local.

Por isso mesmo, o plantio compensatório é um processo que precisa ser feito por especialistas. Com o objetivo de entender a vegetação local e realmente compensar este meio ambiente da poluição causada pelo projeto que está sendo implementado.

Plantio compensatório: foco na compensação ambiental por meio da CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo

A compensação ambiental no Estado de São Paulo, é regida pela RESOLUÇÃO SMA Nº 7, DE 18 DE JANEIRO DE 2017 e outras.

Tendo em vista que, é essa a resolução que “dispõe os critérios e parâmetros para compensação ambiental de áreas objeto de pedido de autorização para supressão de vegetação nativa, corte de árvores isoladas e para intervenções em Áreas de Preservação Permanente no Estado de São Paulo”.

O objetivo é que essa resolução seja capaz de direcionar as compensações às áreas que são prioritárias, garantindo assim, a segurança hídrica e a biodiversidade no Estado de São Paulo. Respeitar a resolução é passo fundamental para que o plantio compensatório seja corretamente feito. E isso impacta diretamente na obtenção da licença ambiental para que o projeto possa funcionar de fato.

Por isso mesmo, na hora de contratar uma equipe para realizar o plantio compensatório, é fundamental avaliar se os profissionais são qualificados, de modo que todos conheçam a resolução e possam trabalhar baseados nela. Uma vez que isso fará total diferença no resultado final do projeto, garantindo que além de realizar a compensação ambiental, o projeto vai passar uma boa imagem para os moradores locais.

Promover uma imagem responsável do empreendimento

Outro aspecto interessante relacionado ao plantio compensatório é justamente que esse tipo de ação seja visto como algo positivo pela população local. A empresa pode utilizar esse tipo de ação para promover a imagem desse projeto como algo responsável e sustentável.
O que é positivo para a marca que está criando vínculos com aquela comunidade que cerca a localização na qual o projeto está sendo instalado.

Na hora de executar qualquer tipo de plantio compensatório ou reflorestamento, lembre-se de contar com especialistas! A RNS Ambiental possui qualificação e expertise para orientar seu projeto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima